FELICIDADE E SUA MAIOR BARREIRA

Embora dotados de capacidade racional, fazemos as nossas escolhas em 90% das vezes segundo o estado das nossas emoções, fato que a psicologia e a neurociência já comprovaram. Seja quaisquer as áreas das nossas vidas: pessoal, profissional ou social, cometemos um sem número de erros por conta das más escolhas por meros impulsos emocionais.

Numa analogia elementar: a vida em sociedade. Vemos desde sempre a existência de normas coercitivas para organizar a vida dos indivíduos, são as leis penais, tais como castigos que nossos pais nos impuseram ao cometermos desobediências. Resguardados os problemas de psicossociais de alguns indivíduos, mas, a criança, jovem ou adolescente toma decisões sem muito apreço pela razão, portanto, são as nossas emoções que dominam nossa psique.

Embora, adultos e responsáveis continuamos sendo guiados em grande parte pelas nossas emoções. Elas, determinam as nossas escolhas,  como vemos o mundo que nos cerca com todas as adversidades, os eventos imprevisíveis e toda sorte de falha que cometemos ao longo das nossas vidas.  

Por fim, como poderemos administrar as nossas emoções, evitando que nos impeçam de ser feliz? — A questão é um desafio para uma vida. Mas, talvez, se começássemos abstraindo mais, contemplando mais, deixando em segundo plano os pré-conceitos e diminuindo nosso ego.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.