Sabedoria: o conhecimento e a utilidade

Quando o assunto trata das questões imediatas do indivíduo, como o autoconhecimento, me declaro suspeito, porque sou fã do grande mestre Sócrates, que depois de quase 2 500 anos, ele foi e ainda é “o cara”: pai da filosofia ocidental.

Aprendemos sempre com este ícone do pensamento ocidental que tinha a preocupação de levar as pessoas a sabedoria com fins da prática do bem, ou seja, a filosofia a serviço da elevação da consciência do indivíduo com valores nobres: bondade, verdade, utilidade.

Hoje me deparei com umas das celebres lições: “busque o entendimento sobre as coisas que lhes seja útil para sua vida”.

Nestes dias (século XXI) de mundo global conectado e com quase  todo o conhecimento do mundo a um toque dos dedos, ou basta ditar o assunto, para obtermos informações sobre qualquer tema, no entanto, muitos de nós se dedica a enfadonhos estudos dogmáticos ou para aprender sobre futilidades modistas, que não agregam nada para elevar uma consciência.

Por fim, penso que deveríamos nos voltar a busca por conhecimento que nos eleve, sobretudo, nos voltando para dentro de nós, por meio do autoconhecimento. Como há muito tempo é dito: “conhecimento da verdade liberta”, então, busquem-na continuamente. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.