O CAMINHO DAS PEDRAS: A TRISTE VIDA NO MODO AUTOMÁTICO

Nossa! Como é trágica a vida de uma pessoa com pouco entendimento! Penso que todos nós já conhecemos alguém assim, uma pessoa que vive os seus dias como se estivesse no modo automático, típico indivíduo que apenas sobrevive e, ninguém consegue ser feliz apenas sobrevivendo.

Recordo de uma jovem colega de faculdade, moça bonita e bem-nascida. Ela se sentava na cadeira de trás. Durante as aulas, pedia com certa frequência que eu lhes falasse algo para que ela pudesse usar ao interagir com o professor, óbvio, que ela queria ser notada ao demonstrar algum conhecimento. Muitos anos após a faculdade, a reencontrei. Ela me disse que estreara como atriz, ou algo assim e perguntou: “Elizeu por que sou tão infeliz? ”. Então, por uns instantes, eu não sabia o que responder para a ex-colega. Entretanto, a conhecia o suficiente para saber que ela parece uma típica pessoa que nunca quis existir como indivíduo: não tinha o hábito de pensar por si mesma.  Portanto,  a minha orientação para que refletisse sobre a própria vida, não iria fazer a menor diferença.

Há pessoas que não tem as rédeas da própria vida. Suas escolhas são condicionadas: seja por imposição de uma doutrina religiosa; pela vontade de seus cônjuges; por determinação dos seus pais; pela moda e, assim por diante.

Fato é, que as ações de um indivíduo autômato nunca ocorrem pela autodeterminação. Ao que parece, a sua vida está presa numa teia de influência externa sem fim. Difícil para tal indivíduo, se sentir realizado, mesmo porque, ele não se conhece e não sabe o que quer da vida.

Por fim, é preciso nos determos ocasionalmente para autoanalisarmos o quanto do que fazemos (as nossas escolhas), são frutos da nossa plena consciência. Porque, como já dissemos, muitos de nós que passam pela vida sem de fato compreender o significado de viver uma existência, vivendo apenas no modo automático.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.