CAMINHO DAS SETE PEDRAS: ATALHOS

Ao que tudo sugere é próprio da natureza humana buscar o maior benefício com o menor esforço. Isso, é materializado no que chamamos de usar atalhos: rota/meio alternativo visando o menor tempo para atingir determinado objetivo. Entretanto, um atalho, não é garantia de se chegar ao mesmo destino que inicialmente se pretendia, ou seja, atingir plenamente seus objetivos.

Porquanto, ao deixarmos o caminho que nos desafia: exigindo nos, um esforço maior, tem consequências que vão muito além de apenas o custo do tempo.

No dia-a-dia, optamos por inúmeros atalhos, pelos quais aparentemente obteríamos dado resultado com mais brevidade, o que até nos parece ser algo inteligente, mas, quando isso se torna literalmente um hábito em nossas escolhas, certamente nos perdemos pelo caminho e dificilmente atingiremos o objetivo, o sonho desejado.

Porque há consequências em se tomar atalhos, e muitos de nós, nem sequer lembram que existe a lei da causa e efeito: toda ação tem uma reação. E, o mais grave disso, é que ao exercemos nosso livre arbítrio (escolhas) com frequência usando atalhos (jeitinhos), isso se torna um hábito em nossas vidas. Como sabemos, somos o resultado das nossas experiências.

Por fim, o atalho por mais que seja tentador, nunca compensa. Por exemplo: colar numa prova poderá de dar um diploma mesmo sem ter conhecimento de dado conteúdo, mas certamente te fará um profissional mediano, etc. E, a pior parte, é que os pequenos atalhos se tornam hábitos em nossas vidas, e ao final passaremos uma existência sem o entendimento necessário para compreender a complexidade da vida, vivendo de maneira medíocre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.