REFLEXÃO: A DÚVIDA E A CERTEZA, O QUE É QUE NOS ELEVA?

Pouco ou nada pode ser dito como certeza, sobremaneira, como absoluta. Contudo, não há como negar que as dúvidas, quando bem questionadas, são essenciais para nossa evolução consciente.

Diziam os sábios da antiguidade, que o mais importante era saber formular perguntas. Porquanto, hoje gostaria de ter esse diálogo, através da nossa reflexão: — que perguntas deveríamos formular?

Pode parecer simplório e até prosaico, mas o que sempre devemos nos questionar e sobre nos mesmos, porque isso diz respeito a maneira de como mundo nos parece ser, ou seja, quanto mais discernimento tiver, tanto mais será relativo às nossas (verdades).

Um pouco de fatos para ilustrarmos o nosso raciocínio: vemos nos “post” das redes sociais e nos comentários sobre questões de ordem: política, social, saúde, cultural, etc. que nos dão conta de que a maioria esmagadora dos nossos irmãos nacionais, são desprovidos de senso razoável de realidade. Seja esta, do ponto de vista ético, moral e de justiça. Aqui, avalie cada um segundo seu discernimento.

Entretanto, gostaria de ponderar que ao longo da evolução da sociedade humana, temos a disposição o que foi dito por vários sábios, pessoas que foram considerados “santos” e até um Cristo (filho de Deus), nos ensinaram da necessidade do autoconhecimento. Seja para: “a compreensão do universo e de Deus”; “saber que finalidade do homem é fazer o bem ao semelhante”; “deve-se amar o próximo com a si mesmo”; “ter consciência que todos somos irmãos”, a lista é imensa.

Portanto, como alguém poderá afirmar que estamos agindo segundo a causa nobre da verdade, se fazemos o que fazemos em nome de um Deus (justo e amoroso)? — Visto que o nosso comportamento, esse, percebido no dia a dia, tais como: (vaidade, ódio, idolatria, intolerância: sincretismo religioso, sexismo, racismo e um monte de “ismos“), que ficamos até confusos ao enumerar”. Isto, só pode significar que somos completos hipócritas, ignorantes e desconhecemos o que seja verdade.

Portanto, as nossas interações, como já citei algumas acima, dão conta de que não conhecemos a nós mesmo, sobretudo, como seres humanos em sentido “lato” e que as ditas (nossas verdades) não guardam relação com fatos, pois é certo que se trata de meros dogmas: (o que se pensa é verdade).

Por fim, contudo, sou otimista nas promessas do Cristo, que segundo compreendemos não se trata de religião. Mas antes, de fazermos boas perguntas e com isso obteremos o entendimento: “se conhecer a verdade ela vós libertareis”.

Um comentário em “REFLEXÃO: A DÚVIDA E A CERTEZA, O QUE É QUE NOS ELEVA?

  1. Oi não tenho como não dizer a vc; o que sinto por ti, qnd vejo suas postag com outra me acabo , choro muito vc sabe que tamo muito Elizeu 💔😭😭😢😢não tenho outro lugar pra dize essas palas por isso deixo aqui

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.